Dismenorreia

O que é?

A dismenorreia (dor menstrual), de que sofrem cerca de 50% das mulheres jovens, pode ocorrer imediatamente antes (1-3 dias) ou ao mesmo tempo que o ciclo, manifesta-se com dor na parte inferior do abdómen que às vezes chega até às pernas e à zona lombar, e que costuma atingir a sua intensidade máxima durante as primeiras 24 horas do aparecimento da menstruação, e que se vai desvanecendo até desaparecer passados 2 ou 3 dias. Ocasionalmente também provoca cefaleia, náuseas, diarreia e obstipação. Em alguns casos, os sintomas são suficientemente intensos para interferir na qualidade de vida.

Causas/classificação

Dolori mestruali

Há uma diferença entre dismenorreia primária, que é mais frequente, e uma forma secundária, que ocorre devido à presença de doença pélvica. Na dismenorreia primária, a dor é devida à ação de substâncias específicas produzidas pelo endométrio, a camada que reveste o interior do útero. Estas substâncias (prostaglandinas) têm a capacidade de provocar contrações musculares no útero, o que resulta em cólicas e dor. Geralmente a dismenorreia primária tem início no primeiro ano depois da primeira menstruação (menarca) e ocorre quase sempre durante os ciclos ovulatórios.

Continuar a ler

Sintomas

O principal sintoma da dismenorreia é dor na parte inferior do abdómen, que pode manifestar-se como cãimbras ou cólicas e que pode propagar-se para a zona lombar e para as pernas. Contudo, às vezes, a dor é surda, contínua, e pode ser acompanhada de náuseas, enjôos, perturbações intestinais ou dores de cabeça. É oportuno mencionar certos tipos de dores de cabeça que, em geral, estão associados à menstruação, incluindo algumas formas de enxaqueca.

Continuar a ler

Recomendações

Dolori e rimedi

Uma vez que se trata de uma perturbação que as mulheres conhecem bem, na maioria dos casos, depois de definido o diagnóstico, podem geri-la de forma independente. A dor pode ser aliviada tomando analgésicos, principalmente AINE, como o ibuprofeno. Também se podem utilizar outros medicamentos complementares e tomar algumas medidas.

Continuar a ler

Consulte o seu médico em caso de perturbações intensas persistentes, ou que surjam de repente.

Dolore alla schiena Mal di testa Dolori Mestruali
Il mal di denti Nevralgia Febbre e influenza